Rosane Luchtenberg

Residente na comunidade de Bombinhas/SC desde 1992,  atuou como empresaria no ramo de turismo até 1997.Uma necessidade individual, mudou o rumo da sua vida e partiu para pesquisa e registro dos usos e costumes da então vila de pescadores já sofrendo alterações na sua  identidade de base com a emancipação política. Iniciou um trabalho sutil com a aquisição de um antigo Engenho de Farinha de Mandioca e revitalizou-o numa região agrícola onde hoje é a sede da instituição que fundou em 1998 - o Instituto Boimamão- Preservação e Fomento da Cultura. Responsável pelo mapeamento e registro dos engenhos da região, desafio que culminou no projeto aprovado em 1999 pelo MinC/Iphan, para a salvaguarda dos engenhos de farinha e criação de um Museu Histórico no município de Bombinhas. Desde então coordena o Museu Comunitário Engenho do Sertão e os projetos sócio-educativos da instituição. Foi diretora municipal de cultura, produtora e apresentadora do Programa Ciranda Cultural (Radio Comunitária) ministrou cursos no EJA, sobre a cultura local e palestras nas escolas da região. O foco do Museu hoje é a Educação Patrimonial e Ambiental.